Curitiba: namorada de Lula será transferida para cidade a 630 km

Funcionários da Itaipu Binacional serão enviados para Foz do Iguaçu com o objetivo de otimizar custos. Decisão acontece duas semanas após o relacionamento ser revelado

TÁCIO LORRAN

tacio.lorran@metropoles.com

A socióloga Rosângela da Silva, namorada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, terá que fazer um esforço maior para visitá-lo na prisão, caso continue a trabalhar na Itaipu Binacional. Os funcionários da empresa serão transferidos para Foz do Iguaçu, cidade distante 630 km da capital Curitiba. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

A determinação é do diretor-geral brasileiro da usina, Joaquim Silva Luna. Ele foi indicado ao cargo em fevereiro pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). De acordo com a assessoria da empresa, a medida tem como objetivo otimizar recursos.

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Fechar Menu